sexta-feira, 6 de novembro de 2009

Arroz - quais são os tipos e diferenças

Gente, editei o de fibra porque meu mouse me odeia, fiz uma mágica, apaguei o texto e publiquei só o corpo da parada. Junto com isso, o calor me faz meio demente e estou tentando descobrir porque meu cágado me mordeu de forma violenta e tentou atacar meu cachorro (bizzaro né?). bJKS



-------------------------------------------------------------------------------------------------


O arroz faz parte da família dos cereais. O nome cereal deriva de Ceres, a deusa grega da agricultura e da colheita. E o arroz é um dos principais cereais presentes nos hábitos alimentares do cotidiano. Existem outros tipos e todo mundo me pergunta a diferença entre eles. São excelentes fotes de carboidrato, além de vitaminas do complexo B como tiamina, riboflavina e niacina. Sem contar que a combinação arroz e feijão oferece proteínas boas pois os aminoácidos complementam-se ( denominam-se de alto valor biológico, indispensáveis para o nosso organismo). A proporção certa de arroz/ feijão são de uma parte de feijão para 3 de arroz.

Tipos de arroz:

Arroz polido
Conhecido como branco apresenta diferença entre o comprimento dos grâos, com o curto e redondo com maior facilidade de empapar, sendo mais próprio para a preparação de arroz doce. O grão médio possui maior espessura , sendo próprio para a preparação de risotos. O arroz branco de grão longo é o mais próprio e utilizado para o arroz branco comum, uma vez que seus grãos tendem a ficar mais soltos.

Arroz parboilizado
É do tipo de grão longo e se diferencia do branco pelo processo térmico a que é submetido, com um cozimento sob pressão que promove a migração de nutrientes (vitaminas e minerais) presentes no farelo para o centro do grão. Agregando MAIOR VALOR NUTRITIVO ao alimento.

Arroz selvagem
É na verdade uma gramínea aquática com maior teor de proteínas, minerais e vitaminas do complexo B, sendo seu sabor permanecendo em maior harmonia quando reparado junto a carnes e aves.


Arroz integral

Remove-se apenas a casca, permanecendo o farelo. Fornecendo maio teor de fibras, sendo mais nutritivo que o polido. Seu tempo de cocção é mais prolongado. O arroz preto possui mioar valor nutricional e cerca de 30% a mais de fibras. Considerada a sensação entre chefs e gourmets, devido a características únicas como sua cor, lilás, que de tão forte se torna preto, pelo aroma levemente acastanhado e pelo sabor único. E riquíssimo em antocianinas, presentes no pericarpo, na película da semente e na fibra exterior do grão. O Journal of Agriculture and Food Chemistry, que avaliou o conteúdo de antocianinas de todos os grãos coloridos (preto, azul, rosa, roxo, vermelho e branco), os autores demonstraram que o arroz negro é o mais rico em antocianinas de todos os grãos estudados. Esse fator é extremamente relevante, visto o conhecido potencial das mesmas na prevenção das doenças crônicas, devido a diferentes ações, incluindo: antioxidante, anti-inflamatória, antiaterosclerótica, antineoplásica, hipolipidêmica e hipoglicemiante.


Gstou Lilian? Vê se na próxima consulta capricha no arroz pq ficar sem não está com nada. Cabe a nós escolhermos de acordo com a qualdiade. Bjks

3 comentários:

Natália disse...

Ahn? Tá calor, tô burra, não entendi nadaaa.

6 de novembro de 2009 13:47
Elly disse...

Nem eu....

6 de novembro de 2009 15:39
babijoia disse...

rss estou editando o post pq meu mouse me odeia e publicou só com o título

6 de novembro de 2009 16:14

Postar um comentário

 

©2009Intimo Feminino | by TNB